EUA e China protagonizam nova ‘guerra fria’? Ouça no ‘Estadão Notícias’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

EUA e China protagonizam nova ‘guerra fria’? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

24 de julho de 2020 | 00h01

As relações entre Estados Unidos e China se agravaram nesta semana após o governo americano fechar um consulado chinês em Houston, no Texas. A ação foi motivada pela acusação de que dois hackers do país tentaram roubar dados de uma pesquisa sobre vacina. A China negou relação com os acusados e disse que vai retaliar a decisão. O embate diplomático entre os dois países se intensificou no governo Donald Trump. Vários foram os assuntos que provocaram um estremecimento na relação: aumento de tarifas sobre produtos, Hong Kong, Organização Mundial da Saúde, entre outros.

Afinal, a atual “guerra fria” entre EUA e China, pode ser comparada ao período da “guerra fria” entre americanos e soviéticos iniciada na década de 40? O que está por trás dessa briga diplomática? Na edição de hoje, conversamos sobre o assunto com a correspondente do Estadão, em Washington, Beatriz Bulla, e com o professor do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília, Roberto Goulart Menezes.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: