Exército contra invasões de terra e a direita no Uruguai; ouça no ‘Estadão Notícias’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Exército contra invasões de terra e a direita no Uruguai; ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

26 de novembro de 2019 | 06h00

Utilizar o exército para fazer reintegração de posse no campo, essa é a mais recente ideia do presidente Jair Bolsonaro. A proposta chamada de “GLO Rural” será entregue ao Congresso Nacional, e poderia ser empregada apenas com uma canetada do capitão. A Garantia da Lei e da Ordem é autorizada no Brasil, quando as forças de segurança estaduais não conseguem amenizar situações graves de perturbação da ordem como, por exemplo, no Rio de Janeiro. Mas afinal, o que significa usar a GLO nas reintegrações de posse de terras no Brasil?

Na edição de hoje, ouvimos Renato Sérgio de Lima, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, e Luís Alexandre Fuccille, da Unesp.

Ainda no programa, a vitória da centro-direita no Uruguai, após 15 anos de governos da esquerda no país. Quem analisa o assunto é o professor da UNB, Roberto Goulart Menezes.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Fonte: MST

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: