Expresso: Bolsonaro cancela recontratação, mais suspeitos de coronavírus no Brasil e o cinema brasileiro no Festival de Berlim

Expresso: Bolsonaro cancela recontratação, mais suspeitos de coronavírus no Brasil e o cinema brasileiro no Festival de Berlim

Gustavo Lopes Alves

30 de janeiro de 2020 | 13h26

O presidente Jair Bolsonaro escreveu no Twitter que vai “tornar sem efeito” a admissão do ex-número 2 da Casa Civil, Vicente Santini, em novo cargo. É a segunda exoneração de Santini em uma semana. Em 12 horas, a reação negativa nas redes sociais forçou o presidente a recuar da recondução, que havia sido pedida pelo seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Na saída do Palácio da Alvorada, nesta manhã, Bolsonaro não quis comentar a decisão e disse que o que tem para falar está em suas redes sociais.

E ainda: o cinema brasileiro está de volta à disputa do Urso de Ouro com um filme de época. ‘Todos os Mortos’, de Marco Dutra e Caetano Gotardo, está na competição oficial e trata do Brasil no início do século 20.  Ouça essas e outras notícias no Eldorado Expresso desta quinta-feira, 30. Clique no player acima.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Os deputados Eduardo Bolsonaro e Filipe Barros, Vicente Santini, o assessor para Assuntos Internacionais da Presiências, Filipe Martins, e o Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo em comitiva presidencial na Índia Foto: Reprodução/Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.