Expresso: Candidato do Planalto à Câmara defende permanência do Auxílio Emergencial, presidente Bolsonaro definindo seu novo partido; e, ainda, o aniversário de São Paulo

Laís Gottardo

25 de janeiro de 2021 | 13h31

Apoiado pelo Palácio do Planalto na disputa pelo comando da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) defendeu nesta segunda-feira, 25, a discussão de gastos como o abono salarial e outras despesas para abrir espaço no Orçamento. O ajuste é tido como necessário pelo candidato para qualquer possibilidade de uma nova rodada do auxílio emergencial. Também hoje, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que deve se filiar a um novo partido político em março. Após não conseguir tirar o Aliança pelo Brasil do papel, o chefe do Planalto passou a negociar o ingresso uma outra legenda para tentar a reeleição em 2022 e também levar aliados a uma nova sigla.

E ainda: acidente com ônibus na BR-376, no litoral do Paraná, deixa ao menos 21 mortos na manhã desta segunda-feira e o aniversário de 467 anos da cidade de São Paulo.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!
Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.