Expresso: Coronavac chega ao Brasil; Prefeitura de SP paralisa reabertura de escolas; e apagão no Amapá

Expresso: Coronavac chega ao Brasil; Prefeitura de SP paralisa reabertura de escolas; e apagão no Amapá

Gustavo Lopes Alves

19 de novembro de 2020 | 13h46

O primeiro lote de doses da Coronavac, vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantã, chegou a São Paulo na manhã desta quinta-feira, 19. As 120 mil doses da Coronavac ainda precisam de autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para serem aplicadas nos brasileiros. A vacina está na fase 3 dos testes clínicos, etapa que mede a eficácia do produto, se ele é capaz de proteger contra a covid-19. Somente após a conclusão desta fase é que a vacina poderá obter autorização de uso.

E ainda: a ida do ministro de Minas e Energia ao Amapá após 17 dias de apagão. Ouça essas e outras notícias desta quinta-feira, 19, no “Eldorado Expresso”.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!
Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

As primeiras 120 mil doses da Coronavac, vacina contra o coronavírus produzida em parceria entre a chinesa Sinovac e o Instituto Butantã, chegaram ao Brasil na manhã desta quinta-feira, 19 Foto: Felipe Rau/ESTADÃO

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.