Expresso: Economia brasileira cresce 1% no primeiro trimestre

Laís Gottardo

02 de junho de 2022 | 13h38

A retomada mais forte das atividades presenciais, após o arrefecimento da pandemia, impulsionou o setor de serviços no primeiro trimestre. E foi esse setor, ajudado pelas atividades exportadoras, que fez o Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todo o valor gerado na economia) subir 1% no primeiro trimestre, segundo dados divulgados nesta quinta-feira, 2, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Medidas mais restritivas, como o uso obrigatório de máscara, não estão, por hora, no radar do governo de São Paulo. Mas a chave pode virar se o número de internações por Covid-19 mantiver a tendência de alta das últimas semanas e saltar dos atuais 32% para os 70%. A quantidade de novas internações por Covid-19 no estado de São Paulo aumentou 40% em maio, segundo o secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn.

E ainda: a farra de dinheiro público que banca shows milionários em cidades pobres e a pressão de Joe Biden para Jair Bolsonaro assinar uma carta em defesa da democracia. Ouça estas e outras notícias desta quinta-feira, 2, no “Eldorado Expresso”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.