Expresso: Ex-ministro da Defesa, Raul Jungmann, diz que Exército capitulou ao não punir ex-ministro Pazuello

Laís Gottardo

04 de junho de 2021 | 13h32

Raul Jungmann, ex-ministro da Defesa, afirma que o Exército capitulou diante da pressão do presidente Jair Bolsonaro ao não punir ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello. Em manifestação enviada ao STF, Advocacia-Geral do Senado defende regularidade na convocação de governadores para prestar depoimento à CPI da Covid. A diretoria colegiada da Anvisa avaliará nesta sexta-feira, em reunião extraordinária, os pedidos de importação das vacinas contra covid-19 Sputnik V e Covaxin. Mulher vítima do desabamento de ontem em Rio das Pedras segue internada na capital fluminense.

E mais: Jogadores da Seleção Brasileira podem pedir dispensa da disputa da Copa América.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.