Expresso: Governo de São Paulo restringe bares e Polícia Civil indicia 6 no caso Carrefour

Expresso: Governo de São Paulo restringe bares e Polícia Civil indicia 6 no caso Carrefour

Gustavo Lopes Alves

11 de dezembro de 2020 | 14h44

Diante da alta de casos de covid-19 no Estado, o governo de São Paulo anunciou, em coletiva de imprensa nesta sexta-feira, 11, novas medidas restritivas para bares, restaurantes e lojas de conveniência. A gestão estadual decidiu reduzir o horário de funcionamento dos bares para até as 20 horas (até agora, eles podiam ficar abertos até as 22 horas).

E ainda: A Polícia Civil do Rio Grande do Sul indiciou nesta sexta-feira, 11, seis pessoas pelo espancamento e a morte de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, em um Carrefour de Porto Alegre. Ouça essas e outras notícias desta sexta-feira, 11, no “Eldorado Expresso”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.