Expresso: ministro Marco Aurélio condena atuação de militares no governo

Laís Gottardo

08 de julho de 2021 | 13h38

Às vésperas de completar 75 anos e se aposentar, o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, vê com preocupação a atuação dos militares no governo de Jair Bolsonaro. Em entrevista à Rádio Eldorado, ele condenou o envolvimento de integrantes das Forças Armadas na política. “Os militares devem estar na caserna, nos quartéis. Eles são militares do Estado e não do governo. Aonde vamos parar?”, ressaltou.

A CPI da Covid interroga nesta quinta-feira Francieli Fantinato, ex-coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde. Ela deixou o cargo no fim de junho e integra a lista de investigados da comissão. No depoimento, ela disse que saiu do ministério ao perceber politização e dificuldades no acesso às vacinas contra a covid.

E ainda: a discussão sobre a antecipação da segunda dose da vacina anticovid em São Paulo e a decisão de proibir a presença de público na Olimpíada em Tóquio. Ouça estas e outras notícias desta quinta-feira, dia 8, no “Eldorado Expresso”.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!
Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.