Expresso: Pastor oferece desconto em propina por repasse do MEC

Laís Gottardo

24 de março de 2022 | 13h32

Os pastores que operam o gabinete paralelo no Ministério da Educação (MEC), Gilmar Santos e Arilton Moura, atuavam de forma coordenada na cobrança de contrapartida para intermediar a liberação de recursos para escolas. Segundo relato de prefeitos ao Estadão, a abordagem era feita na hora do almoço. Logo após levar os prefeitos a reuniões no MEC, Arilton puxava uma conversa informal e chegava a oferecer desconto na propina que cobrava.

A queda acentuada nos novos casos de covid-19 em março, e consequentemente nas mortes, fez com que a doença deixasse de ser a que mais mata no país, o que não acontecia desde janeiro deste ano. Ela agora ocupa a terceira posição no ranking, atrás do infarto e do AVC. A média móvel de mortes, abaixo de 300, porém, ainda é considerada muito alta por especialistas.

E ainda: a liberação da 4ª dose da vacina anticovid para idosos com mais de 80 anos e as perdas da Rússia em quase um mês de invasão da Ucrânia. Ouça estas e outras notícias desta quinta-feira, 24, no “Eldorado Expresso”.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!
Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.