Expresso: Política de Bolsonaro para armas ajuda crime organizado

Laís Gottardo

25 de julho de 2022 | 13h30

Reportagem desta segunda do Estadão traz informações sobre a nova forma de agir do crime organizado, que providencia armas com laranjas ou criminosos que se registraram como colecionadores, atiradores ou caçadores – os chamados CACs. A facilidade é resultado da alteração de trechos do Estatuto do Desarmamento, promovida pelo presidente Jair Bolsonaro entre 2019 e 2020. Naquela época, o Senado chegou a aprovar um decreto para derrubar as medidas, mas Bolsonaro decidiu revogá-las para evitar uma derrota no Legislativo.

O preço dos combustíveis continua em queda no mercado brasileiro, apesar de se manter ainda acima ao praticado no mercado internacional. A maior queda foi registrada na última semana pela gasolina, puxada pela redução do ICMS. Entre 17 e 23 de julho, o preço da gasolina caiu 2,9% e acumula redução de 17,4% no mês.

E ainda: a mais nova pesquisa eleitoral da corrida presidencial e uma pesquisa que mostra a má qualidade do sono dos brasileiros. Ouça estas e outras notícias desta segunda-feira, 25, no “Eldorado Expresso”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.