Expresso: Queiroga é convocado pela terceira vez a depor na CPI da covid

Laís Gottardo

07 de outubro de 2021 | 13h34

A CPI da covid aprovou requerimento para convocar o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a depor novamente no Senado. Esta será a terceira oitiva do médico na comissão. A autoria do pedido foi do senador Alessandro Vieira.  Segundo o senador Randolfe Rodrigues, o ministro não respondeu a uma série de questionamentos enviados pela comissão sobre os próximos passos da gestão da pandemia. Na sessão da última terça-feira, a CPI determinou prazo de 48 horas para que Queiroga informasse sobre o calendário de imunização do ano que vem, os estoques de vacinas para este ano, além dar uma justificativa sobre a descontinuação do uso da vacina CoronaVac em 2022.

O ministro Wagner Rosário, da Controladoria-Geral da União, afirmou nesta quarta-feira que a sua pasta e a Polícia Federal investigam um esquema de venda de emendas parlamentares, em que deputados e senadores destinariam dinheiro público do Orçamento a prefeituras em troca de um porcentual. Em audiência na Câmara, ele também disse “não ter dúvida” de que há corrupção na compra de tratores pelo governo via orçamento secreto, caso revelado pelo Estadão e que ficou conhecido como “tratoraço”.

E mais: o veto presidencial à distribuição de absorventes para mulheres pobres e a pressão, também presidencial, pelo fim do uso obrigatório de máscaras. Ouça estas e outras notícias desta quinta-feira, 07, no “Eldorado Expresso”.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!
Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.