Expresso: Rússia volta a bombardear Kiev em ataques que deixaram ao menos quatro mortos

Ana Paula Niederauer

15 de março de 2022 | 13h38

Ao menos quatro pessoas morreram em Kiev após ataques aéreos atingirem a cidade na manhã desta terça-feira, 15. A informação é do prefeito Vitali Klitschko.

Segundo Klitschko, os socorristas ainda trabalham para extinguir as chamas causadas pelo ataque. Vários prédios residenciais da capital ucraniana foram atingidos.
Com o aumento dos conflitos em Kiev, Klitschko convocou homens que levaram parentes a lugares seguros para retornarem à capital para lutar.

O prefeito também anunciou um toque de recolher de 35 horas na capital ucraniana.
A partir das 20h (horário ucraniano) na terça-feira, os moradores não podem circular pela cidade, exceto com permissão especial ou para ir a um abrigo antiaéreo.

E mais: Polícia Federal faz operação contra o tráfico de armas no Rio e a queda do petróleo no mercado mundial e a pressão nos preços no Brasil. Ouça estas e outras notícias desta segunda-feira, 14, no “Eldorado Expresso”.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!
Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.