Expresso: Servidores federais paralisados por aumento salarial

Laís Gottardo

18 de janeiro de 2022 | 13h22

Às vésperas do prazo final para sanção do Orçamento deste ano aprovado pelo Congresso, servidores de mais de 40 categorias foram às ruas hoje e ameaçam paralisar temporariamente órgãos federais em protesto contra o governo Bolsonaro. O movimento cobra aumento de até 28% nos salários e ganhou força após o presidente prometer dinheiro para corrigir os vencimentos de carreiras policiais federais.

A Anac autorizou Azul e Gol a voar com menos comissários em voos após avanço da ômicron impactar tripulações. A Latam também pediu a flexibilização. Para voar com menos comissários, as companhias precisarão limitar o número de assentos por avião. Avanço de variante do novo coronavírus afeta vários setores da economia. Azul, Gol e Latam detêm 98,2% do mercado doméstico de aviação no Brasil.

E mais: a energia elétrica custando mais que o dobro da inflação e o enfrentamento das fake news pelo Twitter. Ouça estas e outras notícias desta terça-feira, 18, no “Eldorado Expresso”.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!
Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.