Expresso: Ucrânia inicia retirada de civis de Sumy e Irpin

Laís Gottardo

08 de março de 2022 | 13h40

No 13º dia de guerra, a Rússia abriu corredores humanitários para que as pessoas possam ser retiradas de Kiev e de outras quatro cidades ucranianas: Cherhihiv, Kharkiv, Mariupol e Sumy. A Ucrânia começou a retirar civis da cidade de Sumy, no nordeste, e da cidade de Irpin, perto da capital Kiev, nesta terça-feira. Segundo o governo da região, a área está sob um cessar-fogo temporário, que permitiu a saída de mil estudantes estrangeiros através de um corredor humanitário.

O ex-embaixador da Ucrânia no Brasil, Rostyslav Tronenko, acusou hoje as tropas russas de crimes de guerra contra a população civil ucraniana. Em entrevista exclusiva à Rádio Eldorado, direto de Kiev, ele apontou a capital e as cidades de Kharkiv, Sumy, Mariupol e Kherson como os principais alvos da estratégia militar da invasão russa.

E ainda: os impactos de um possível congelamento dos preços dos combustíveis e as votações do Senado no Dia Internacional da Mulher. Ouça estas e outras notícias desta terça-feira, 8, no “Eldorado Expresso”.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!
Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!
Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.