‘Notícia No Seu Tempo’: 12 milhões de jovens no Brasil não estudam nem trabalham

Da Redação

03 de janeiro de 2022 | 05h00

No podcast ‘Notícia No Seu Tempo’, confira em áudio as principais notícias da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’ desta segunda-feira (03/01/22):

A pandemia agravou um problema que afeta os jovens brasileiros há uma década. O contingente de pessoas de até 29 anos que não estudam nem trabalham, os chamados “nem-nem”, aumentou. No segundo semestre de 2021, essa população representava 30% dos jovens, ou 12,3 milhões de pessoas, número que supera a população da Bélgica. As consequências são de longo prazo, diz Ana Tereza Pires, da consultoria IDados, responsável pelo levantamento. A cada ano, diz ela, mais estudantes se formam e não conseguem ser absorvidos no mercado, o que cria novos bolsões de “nem-nem”. Sem emprego nem renda, eles ficam à deriva e perdem a chance de se desenvolver profissionalmente.

E mais:

Internacional: França aumenta exigência de máscara e isola não vacinados

Política: Telegram vira desafio para combate a fake news na eleição

Metrópole: Navio com 28 casos de covid chega ao Rio de Janeiro

Esportes: Artilheiros correm risco de não ir à Copa do Mundo do Catar

Tudo o que sabemos sobre:

MSC Preziosaomicron

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.