‘Notícia No Seu Tempo’: apoiada pelo Planalto, rede do ódio lucra com canais antidemocracia, Lira faturava R$ 500 mil por mês com desvio e PIB cresce 7,7% no trimestre

Emanuel Bomfim

04 de dezembro de 2020 | 05h00

Por Adriana Cimino, Alessandra Romano e Gustavo Toledo

Na edição desta sexta-feira (04), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Política, investigação sigilosa sobre a organização e o financiamento de manifestações contra a democracia mostrou que um negócio lucrativo estava por trás dos protestos contra o STF e o Congresso. Ainda em Política, denúncia da Procuradoria-Geral da República afirma que a “rachadinha” na Assembleia de Alagoas rendia R$ 500 mil mensais ao deputado Arthur Lira (Progressistas-AL). Já em Economia, o PIB brasileiro cresceu 7,7% no terceiro trimestre do ano ante o segundo, maior alta da série histórica do IBGE, iniciada em 1996. O resultado ficou abaixo dos 8,8% esperados por analistas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.