AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Notícia No Seu Tempo’: Bolsonaro faz caravana ao STF em pressão contra isolamento, para presidente do STJ, exame de Bolsonaro deve ser sigiloso e linha de crédito para pagamento de salário tem 1% liberado

Emanuel Bomfim

08 de maio de 2020 | 05h00

Por Adriana Cimino, Alessandra Romano e Gustavo Toledo

Na edição desta sexta-feira (8), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Política, após uma série de derrotas, o presidente Jair Bolsonaro foi de surpresa com uma comitiva ao Supremo Tribunal Federal (STF) pressionar o presidente da Corte, Dias Toffoli, para que amenize ações de isolamento decretadas por Estados. Com ministros, parlamentares e empresários, Bolsonaro cruzou a Praça dos Três Poderes e apelou a Toffoli pela reabertura do comércio, sob argumento de que o Brasil pode “virar uma Venezuela”. Ainda em Política, o presidente do STJ, João Otávio de Noronha, disse ao site JOTA que o presidente Jair Bolsonaro não deve ser obrigado a entregar os laudos de todos os exames que realizou para detectar o novo coronavírus, como já determinou a Justiça. Em parecer encaminhado ao TRF-3, porém, o MPF defendeu o direito de o Estadão ter acesso aos exames. No caderno Economia, a linha de crédito de R$ 40 bilhões anunciada pelo governo para evitar demissões em massa não está disponível para milhares de pequenas e médias empresas no País. Editada há um mês, a MP proíbe a concessão do empréstimo a empresas que não possuem folha de pagamento processada em banco. Até agora, 1% do total foi liberado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: