‘Notícia No Seu Tempo’: Brasil tem 41.058 mortos e 805.649 infectados, bolsas caem por temor de 2ª onda e novo ministro assume papel de pacificador

Emanuel Bomfim

12 de junho de 2020 | 05h00

Por Adriana Cimino, Alessandra Romano e Gustavo Toledo

Na edição desta sexta-feira (12), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Metrópole, o Brasil ultrapassou a marca das 40 mil mortes e dos 800 mil infectados pelo novo coronavírus. De acordo com dados do consórcio de veículos de comunicação formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL, o País somou 1.261 novos óbitos e 30.465 novos infectados em 24 horas e continua sendo o terceiro do mundo com mais óbitos pela covid-19, mas está próximo de passar o Reino Unido, que registra 41,3 mil vítimas. Em Economia, puxado por temores de uma segunda onda de contágio por coronavírus nos EUA e pelas previsões de retração de 6,5% na economia americana em 2020, o índice Dow Jones, referência para a Bolsa de Nova York, caiu 6,9% ontem, a maior queda em quase três meses. No caderno Política, o novo ministro das Comunicações, deputado Fábio Faria (PSD-RN), chega ao governo com a missão de pacificar a relação do presidente Jair Bolsonaro com o Congresso e melhorar o seu relacionamento com a imprensa. De família tradicional na política, Faria é casado com Patrícia Abravanel, filha de Silvio Santos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.