As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Notícia No Seu Tempo’: com apoio político, PMs pressionam por reajuste em 12 Estados, após Caixa, outros bancos estudam crédito prefixado e navio russo no Brasil põe Marinha em alerta

Emanuel Bomfim

21 de fevereiro de 2020 | 05h00

*Por Adriana Cimino 

Na edição desta sexta-feira (21), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Política, na véspera do carnaval, quando os batalhões da Polícia Militar são reforçados com escala por causa do feriado, o movimento dos policiais por aumento salarial ganha força, com o apoio de deputados ligados ao bolsonarismo e à bancada da bala. PMs realizaram atos ou paralisações este mês em cinco Estados e vêm travando embates públicos com os governos locais em outros sete. O caso mais grave foi registrado no Ceará, onde a escalada de violência levou o governo federal a enviar a Força Nacional ao Estado. Em Economia, a Caixa lançou ontem linha de crédito imobiliário com taxa de juros fixa. Clientes que usam serviços do banco poderão pagar de 8% a 9,5% ao ano de juros no financiamento da casa própria. Os demais terão acesso a uma taxa de 9,75%. Bancos privados estudam repetir o modelo. No caderno Internacional, a presença de um navio russo de pesquisa e inteligência em águas brasileiras pôs em alerta a Marinha. Após ser detectado pela Segurança Marítima do Rio de Janeiro, ele “desapareceu” por seis dias. Acusado de espionagem em países pelos quais passou, ressurgiu numa área de cabos submarinos de internet e atracou no Rio.

Ouça no player abaixo:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: