‘Notícia No Seu Tempo’: com juro menor, transferência de dívida de imóvel dispara, PCC organiza fuga de 75 de penitenciária no Paraguai e São Paulo amplia utilização de planta medicinal

Emanuel Bomfim

20 de janeiro de 2020 | 05h00

Por Gustavo Toledo e Adriana Cimino
Na edição desta segunda-feira (20), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. No caderno Economia, com a queda da taxa de juros e do custo de financiamento para aquisição de imóvel, a portabilidade do crédito imobiliário – a transferência da dívida para outro banco – somou R$ 1,46 bilhão entre janeiro e novembro de 2019 e cresceu 175,43% em relação aos 11 primeiros meses de 2018, segundo o Banco Central. Ao fazer a portabilidade, o consumidor pode conseguir reduzir o valor das parcelas e melhorar as condições do empréstimo. Em Metrópole, são dois os destaques. O primeiro é sobre a fuga de 75 presos ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC), no domingo, da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. O local é próximo à fronteira com o Brasil. O segundo é sobre o  fornecimento de fitoterápicos na capital que cresceu 662% em quatro anos e chegou a 6,7 milhões de medicamentos que tratam de climatério a gastrite.
Ouça no player abaixo:
 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.