‘Notícia No Seu Tempo’: Congresso reage a MP que dá ao MEC poder de impor reitor, rua 25 de Março no velho normal e Alerj autoriza processo de impeachment contra Witzel

Emanuel Bomfim

11 de junho de 2020 | 05h00

Por Adriana Cimino, Alessandra Romano e Gustavo Toledo

Na edição desta quinta-feira (11), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Metrópole, editada ontem pelo presidente Jair Bolsonaro, medida provisória permite ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, escolher reitores de universidades federais sem consulta pública ou eleição durante o período de pandemia. A medida afeta 25% das universidades, cujos dirigentes têm mandato que se encerra até o fim do ano. Ainda em Metrópole, movimento intenso marcou a volta à ativa das lojas na principal rua de comércio popular em SP. Elas reabriram por 4 horas e controlaram fluxo de clientes, mas houve aglomeração do lado de fora. Após 83 dias fechados, os shoppings da capital também poderão voltar a funcionar hoje, com até 20% da capacidade e oferta de álcool em gel aos clientes. No caderno Política, a Assembleia Legislativa do Rio, em decisão unânime de 69 deputados, autorizou abertura de processo de impeachment de Wilson Witzel (PSC), alvo de pedidos de destituição após a Operação Placebo, da PF. A investigação mira esquema envolvendo organização social contratada para a instalação de hospitais de campanha.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.