‘Notícia No Seu Tempo’: corte de salário e jornada já atingiu um milhão de pessoas, doenças virais afastam 5% de servidores de saúde municipais e o adeus ao novo baiano

Emanuel Bomfim

14 de abril de 2020 | 05h00

Por Adriana Cimino, Alessandra Romano e Gustavo Toledo

Na edição desta terça-feira (14), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Economia, o governo informou ontem que já registrou mais de um milhão de acordos entre empresas e empregados para reduzir jornada e salário ou suspender contratos durante a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. Esses trabalhadores receberão um benefício emergencial equivalente a uma parte do seguro-desemprego a que teriam direito caso fossem demitidos, um auxílio do governo para amortecer a perda na renda da família. Em Metrópole, a Secretaria da Saúde está preocupada com o afastamento de 5% de seus 84 mil servidores municipais (4.576). Cerca de 700 foram confirmados com a covid-19 e os outros estão com síndrome viral. O órgão estima que os hospitais podem ficar sem médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem se o índice chegar a 15%. Já no caderno Na Quarentena, morre Moraes Moreira, o poeta do trio elétrico.

Ouça abaixo:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.