‘Notícia No Seu Tempo’: covid avança e rede privada do País adia cirurgias eletivas, Anvisa pode liberar uso emergencial de vacina em teste e Reino Unido sai à frente na imunização em massa

Emanuel Bomfim

03 de dezembro de 2020 | 05h00

Por Adriana Cimino, Alessandra Romano e Gustavo Toledo

Na edição desta quinta-feira (03), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Metrópole, o aumento de casos de covid-19 nas últimas semanas fez com que hospitais privados de diversos Estados ampliassem o número de leitos para pacientes com coronavírus e reduzissem o volume de cirurgias eletivas – as que não são urgentes. Ainda em Metrópole, a Anvisa pode autorizar o uso emergencial e temporário de vacinas contra a covid-19. A medida permite acelerar a entrada de um imunizante no País mesmo que os estudos não estejam concluídos. Já no caderno Internacional, o Reino Unido tornou-se ontem o primeiro país ocidental a autorizar imunização em massa de sua população. As primeiras 800 mil doses serão aplicadas na próxima semana.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.