‘Notícia No Seu Tempo’: CPI mira gabinete paralelo e quebra sigilo de ex-ministros

Da Redação

11 de junho de 2021 | 05h00

No podcast ‘Notícia No Seu Tempo’, confira em áudio as principais notícias da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’ desta sexta-feira (11/06/21):

A CPI da Covid aprovou a quebra do sigilo telefônico e telemático de integrantes e ex-integrantes do governo como os ex-ministros Eduardo Pazuello (Saúde) e Ernesto Araújo (Itamaraty) e o assessor especial da Presidência Filipe Martins. A comissão pediu acesso a informações de empresas que receberam recursos públicos. O alvo da CPI é o “gabinete paralelo”, grupo que teria assessorado Jair Bolsonaro na pandemia e incentivado o discurso antivacina e do tratamento precoce contra a covid-19.

E mais:

Política: Planalto quer ampliar influência sobre o TCU

Metrópole: Bolsonaro diz que derrubará uso obrigatório de máscara

Internacional: Procurador pede prisão de candidata peruana

Esportes: STF decide pela realização no País da Copa América

Tudo o que sabemos sobre:

CPI da CovidJoe BidenG7Jair Bolsonaro

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.