As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Notícia No Seu Tempo’: criticado, Bolsonaro revoga parte de MP sobre trabalho, após pressão, presidente anuncia ajuda aos Estados e país se arma contra a gripe e a covid-19

Emanuel Bomfim

24 de março de 2020 | 05h00

Por Adriana Cimino e Gustavo Toledo

Na edição desta terça-feira (24), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Economia, o governo deve editar medida provisória para tornar explícito que a flexibilização da suspensão de contratos de trabalho durante a crise do novo coronavírus está condicionada à garantia do pagamento ao trabalhador de uma compensação financeira. A ideia é que esse pagamento seja a soma do seguro-desemprego e da contribuição do empregador, num total de pelo menos um salário mínimo (R$ 1.045). No caderno Política, o presidente Jair Bolsonaro reagiu à pressão de governadores por uma ação coordenada e mais recursos para o enfrentamento ao novo coronavírus e anunciou um amplo pacote de ajuda a Estados e municípios, que inclui acesso a novos empréstimos, suspensão de dívidas e transferências adicionais de recursos. Segundo o Ministério da Economia, o plano envolve R$ 88,2 bilhões. Em Metrópole, no início da temporada de vacinação contra a gripe, idosos são atendidos sem sair do carro para evitar contaminação, em Osasco (SP). Procura pela vacina foi grande. O Anhembi, em São Paulo, recebe obras emergenciais para instalação de um hospital para tratar pacientes da covid-19.

Ouça abaixo:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.