‘Notícia No Seu Tempo’: demissão no Turismo expõe ofensiva do governo na Câmara, Facebook é acusado de monopólio e Pazuello agora fala em vacinação ainda neste mês

Emanuel Bomfim

10 de dezembro de 2020 | 05h00

Por Adriana Cimino, Alessandra Romano e Gustavo Toledo

Na edição desta quinta-feira (10), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Política, o presidente Jair Bolsonaro demitiu o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e colocou Gilson Machado, da Embratur, no cargo. O pretexto da mudança foram críticas feitas por Antônio a Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), mas o objetivo do Planalto é usar a pasta do Turismo nas negociações para tentar interferir na eleição para o comando da Câmara dos Deputados, em fevereiro. Em Economia, o Facebook tornou-se alvo de dois processos judiciais nos EUA, movidos pela Comissão Federal do Comércio e por uma coalizão de mais de 40 advogados-gerais estaduais. As ações acusam a empresa de abusar de seu poder e ferir leis de concorrência para criar um monopólio nas redes sociais. Já no caderno Metrópole, o ministro Eduardo Pazuello (Saúde) mudou o discurso e afirmou ontem que, se houver autorização de uso emergencial, a vacinação contra a covid-19 no País poderá começar já em dezembro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.