‘Notícia No Seu Tempo’: demora da Saúde provoca corrida de Estados por vacina, exames de HIV, aids e hepatite viral são suspensos e cresce pressão por reforma ministerial

Emanuel Bomfim

08 de dezembro de 2020 | 05h00

Por Adriana Cimino, Alessandra Romano e Gustavo Toledo

Na edição desta terça-feira (08), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Metrópole, governadores e prefeitos de todo o País se mobilizam para comprar vacinas e realizar programas próprios de imunização contra a covid-19, diante da demora do Ministério da Saúde de fechar acordos ou antecipar a campanha de vacinação, prevista para começar em março. Ainda em Metrópole, essenciais para definir o tratamento de quem desenvolve resistência a algum medicamento, os exames de genotipagem para HIV, aids (a doença causada pelo vírus) e hepatites virais estão suspensos no SUS. Já no caderno Política, com o fim da possibilidade de reeleição dos atuais presidentes da Câmara e do Senado, cresce o movimento pela realização de uma reforma ministerial para que Jair Bolsonaro possa aumentar as chances de colocar parlamentares aliados no comando das duas casas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.