‘Notícia No Seu Tempo’: Depoimento da Pfizer na CPI reforça suspeita de ‘gabinete paralelo’

Da Redação

14 de maio de 2021 | 05h00

No podcast ‘Notícia No Seu Tempo’, confira em áudio as principais notícias da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’ desta sexta-feira (14/05/21):

Em depoimento à CPI da Covid, o presidente da Pfizer na América Latina, Carlos Murillo, disse que o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), o assessor da Presidência para Assuntos Internacionais Filipe Martins e o ex-secretário de Comunicação Fábio Wajngarten participaram de reunião, em 2020, para tratar da compra de imunizantes. A informação reforçou a suspeita de senadores de que Jair Bolsonaro tinha um gabinete paralelo de aconselhamento para tomar decisões sobre a condução da crise do coronavírus.

 

E mais:

Metrópole: Câmara alivia controle sobre licenciamento ambiental

Economia: STF impõe derrota à União em caso de PIS/Cofins

Internacional: Israel amplia ataque a Gaza, por terra e com bombardeios

Na Quarentena: Chitãozinho e Xororó preparam disco com Barry Gibb, dos Bee Gees

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.