‘Notícia No Seu Tempo’: Economia aceita volta do auxílio, mas pede corte de gastos, políticos abrem disputa pelo comando da Eletrobrás e China libera insumos para produção da Coronavac

Emanuel Bomfim

26 de janeiro de 2021 | 05h00

Por Adriana Cimino, Alessandra Romano e Gustavo Toledo

Na edição desta terça-feira (26), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Economia, o Ministério da Economia discute uma nova rodada do auxílio emergencial para socorrer os brasileiros mais afetados pela pandemia do novo coronavírus, mas antes quer um acordo com o Congresso para aprovação rápida de medidas de corte de gastos. Ainda em Economia, após o pedido de demissão de Wilson Ferreira Júnior do comando da Eletrobrás, a área econômica do governo quer encontrar um executivo à altura e que acredite no projeto de privatização da companhia. Já no caderno Metrópole, a China liberou 5,4 mil litros de insumos para a fabricação da Coronavac, o suficiente para que o Instituto Butantan produza cerca de 5 milhões de doses da vacina.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.