As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Notícia No Seu Tempo’: fila do Bolsa Família tem 3,5 milhões e pressiona prefeitos, pornografia leva à prisão professor de escola de elite e blocos de SP fazem maratona de desfiles

Emanuel Bomfim

19 de fevereiro de 2020 | 05h00

*Por Cadu Cortez e Adriana Cimino

Na edição desta quarta-feira (19), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Política, o Bolsa Família já tem uma fila de 3,5 milhões de brasileiros à espera do benefício, o que representa 1,5 milhão de famílias de baixa renda. Sem o dinheiro do programa, as pessoas estão recorrendo às prefeituras em busca de ajuda, como cestas básicas, o que tem provocado um princípio de colapso na rede de assistência social de municípios. Dados do Ministério da Cidadania apontam uma queda brusca no volume de concessões do Bolsa Família a partir de maio de 2019, quando 264.159 famílias foram incluídas na lista de beneficiários. No caderno Metrópole, a Polícia Civil prendeu um professor da escola internacional St. Nicholas, em Pinheiros, zona oeste paulistana, por produzir e armazenar pornografia infantil de alunas entre 10 e 14 anos, a quem gravou com câmeras. Segundo os policiais, ele admitiu o crime. Também em Metrópole, parte dos blocos de rua de São Paulo tem optado por realizar até quatro desfiles durante a programação oficial do carnaval.

Ouça no player abaixo:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: