As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Notícia No Seu Tempo’: governo permitirá que empresas cortem salários e jornada à metade, 21 capitais têm panelaços contra Bolsonaro e SP confirma mais 3 mortos; comércio vai fechar na sexta

Emanuel Bomfim

19 de março de 2020 | 05h00

Por Adriana Cimino 

Na edição desta quinta-feira (19), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Economia, o governo vai editar medida provisória autorizando empresas a reduzir em até 50% a jornada de trabalho e o salário dos seus empregados. A medida faz parte do plano anticoronavírus, lançado para evitar os efeitos da pandemia na economia. O programa flexibiliza as regras trabalhistas para tentar evitar que, na crise, haja demissões em massa, o que pode agravar o quadro de depressão da economia. As empresas também poderão antecipar férias individuais, decretar férias coletivas e usar o banco de horas para dispensar os funcionários do serviço. Também será permitido antecipar feriados não religiosos. Os trabalhadores informais receberão ajuda de R$ 200 mensais. Em Política, vinte e uma capitais realizaram ontem “panelaços” contra o presidente Bolsonaro. No caderno Metrópole, foram confirmadas ontem em São Paulo mais três mortes pela covid-19, elevando para quatro o número de óbitos pelo novo coronavírus. Assim como no primeiro óbito, na terça-feira, as três novas vítimas eram homens idosos. A Prefeitura de São Paulo determinou o fechamento do comércio por 15 dias a partir de amanhã.

Ouça abaixo:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.