As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Notícia No Seu Tempo’: governo prevê que País terá, pelo menos, 13 anos de déficit fiscal, operação da PF bloqueia R$ 252 mi do PCC e Farmácia Popular pode distribuir cloroquina

Emanuel Bomfim

01 de setembro de 2020 | 05h00

Por Adriana Cimino, Alessandra Romano e Gustavo Toledo

Na edição desta terça-feira (1º), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Economia, proposta orçamentária apresentada pelo governo ao Congresso prevê déficits entre 2021 e 2023, num total de R$ 572,9 bilhões. Segundo o secretário do Tesouro, Bruno Funchal, com as projeções de mercado sobre juros e crescimento da economia, e caso o governo respeite o teto de gastos até 2026, o déficit poderá ir até 2026 ou 2027, numa sequência de pelo menos 13 anos de rombos sucessivos. No caderno Metrópole, em operação de combate ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro praticados por integrantes do Primeiro Comando da Capital em 19 Estados e no DF, foram emitidos 422 mandados de prisão e 201 de busca e apreensão pela Justiça de Belo Horizonte, que ordenou também o bloqueio de R$ 252 milhões em contas investigadas. Ainda em Metrópole, o governo pode incluir medicamentos sem eficácia comprovada contra a covid-19 no rol de produtos fornecidos gratuitamente ou com desconto de até 90% pelo Farmácia Popular.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: