‘Notícia No Seu Tempo’: Guedes diz que reformas vão para o Congresso em fevereiro, manifestantes acusam Irã de usar munição letal em atos e restrição a plástico em SP agora é lei

Emanuel Bomfim

14 de janeiro de 2020 | 05h00

Por Cadu Cortez e Adriana Cimino
Na edição desta terça-feira (14), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Economia, a agenda de reformas do governo será retomada nos próximos dias, disse ao Estado o ministro Paulo Guedes. Segundo ele, a proposta para a área administrativa deverá ser encaminhada à Câmara em fevereiro. O plano de reforma tributária vai ser apresentado quase simultaneamente, porque já haveria acerto para ser analisado por comissão mista do Congresso. No caderno Internacional, o Irã teve ontem seu terceiro dia de protestos após o governo admitir ter abatido um Boeing 737 ucraniano na semana passada. Testemunhas acusaram a polícia de dispersar com munição real os manifestantes, que pedem a renúncia do líder supremo, o aiatolá Ali Khamenei. Já em Metrópole, a Prefeitura sancionou lei que proíbe estabelecimentos comerciais da cidade de São Paulo de fornecer produtos descartáveis feitos de plástico. Copos e talheres plásticos ainda poderão ser comprados em supermercados para uso em casa, mas bares, restaurantes e bufês que desrespeitarem a regra ficam sujeitos a sanções.
Ouça no player abaixo:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.