‘Notícia No Seu Tempo’: Leilão do 5G tem ágio de 250% e deve elevar concorrência no setor

Por Alessandra Romano

05 de novembro de 2021 | 04h55

No podcast ‘Notícia No Seu Tempo’, confira em áudio as principais notícias da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’ desta sexta-feira (05/11/21):

As principais operadoras de telecomunicações do Brasil – Claro, Vivo e TIM – arremataram os blocos mais nobres e o leilão do 5G se tornou o segundo maior da história do País, atrás apenas do pré-sal. O governo arrecadou R$ 7,1 bilhões, um ágio médio de quase 250% sobre o lance mínimo das faixas ofertadas. Empresas que atuam em mercados regionais arremataram blocos. O ministro Fábio Faria (Comunicações) disse que o agronegócio deve ser o primeiro setor beneficiado.

E mais:

Política: Governo libera R$ 1,2 bi do orçamento secreto na véspera de votação de PEC

Metrópole: Grupo de 48 países promete fim da produção de carvão

Internacional: Número de casos de covid na Europa volta a aumentar e preocupa OMS

Esportes: Complexo do Ibirapuera  é tombado pelo Iphan

Caderno 2: Fernanda Montenegro, agora uma imortal das artes

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.