‘Notícia No Seu Tempo’: ‘não queremos negociar’, diz Bolsonaro em ato pró-ditadura, mortes em SP superam 1 mil e a turminha do zen no isolamento

Emanuel Bomfim

20 de abril de 2020 | 05h00

Por Adriana Cimino, Alessandra Romano e Gustavo Toledo

Na edição desta segunda-feira (20), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Política, em meio a apoiadores da intervenção militar, convocados pelas redes sociais para manifestação no Dia do Exército, Bolsonaro subiu ontem o tom de confronto com o Congresso e o Supremo. Ele gritou palavras de ordem contra a “velha política”, disse que a “época da patifaria” tinha acabado e afirmou, diante de pedidos pelo fechamento do Parlamento: “Nós não queremos negociar nada, nós queremos é ação pelo Brasil”. Em Metrópole, o número de mortos por covid-19 ultrapassou ontem os mil casos em São Paulo. Em 32 dias, o Estado chegou a 1.015 óbitos e 14.267 pessoas infectadas. Dados do Ministério da Saúde apontam 115 mortes em 24 horas no País. No caderno Na Quarentena, ioga e meditação ajudam no equilíbrio das crianças durante a quarentena e estimulam pais a refletir sobre o momento.

Ouça abaixo:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.