‘Notícia No Seu Tempo’: ofertas de ações devem continuar em alta, Barroso barra diplomação de ‘ficha-suja’ eleito em SP e Europa começa a vacinação de 450 milhões

Emanuel Bomfim

28 de dezembro de 2020 | 05h00

Por Gustavo Toledo

Na edição desta segunda-feira (28), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Economia, apesar da pandemia, as ofertas de ações de empresas na Bolsa brasileira somaram R$ 117 bilhões em 2020, com 28 aberturas de capital (IPO, na sigla em inglês), um recorde – em 2019, foram R$ 90 bilhões. Para 2021, os bancos de investimento esperam safra ainda maior, com oferta de até R$ 140 bilhões, em pelo menos 40 IPOs.  Em Política, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, suspendeu o pedido de diplomação de um candidato a prefeito no interior de São Paulo. Ele seria beneficiado com o esvaziamento da Lei da Ficha Limpa, depois de recente decisão do ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal. No caderno Internacional, a União Europeia começou a vacinar 450 milhões de pessoas contra a covid-19. Os 27 países do bloco tentam barrar uma nova cepa do vírus que já foi detectada no Reino Unido, Alemanha, França, Itália, Espanha e Suécia

iframe src="https://open.spotify.com/embed-podcast/show/3M3xXhNXudIXGNSrjvoETG" width="100%" height="232" frameborder="0" allowtransparency="true" allow="encrypted-media">

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.