‘Notícia No Seu Tempo’: Planalto recorre a Damares para abrir canal com a CNBB, grandes blocos espremem pequenos e construção civil ainda patina fora do Estado de SP

Emanuel Bomfim

24 de fevereiro de 2020 | 05h00

*Por Adriana Cimino 

Na edição desta segunda-feira (24), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Política, a ministra Damares Alves (Família, Mulher e Direitos Humanos) assumiu a interlocução do governo federal com a Igreja Católica. Com aval do presidente Jair Bolsonaro, Damares foi a primeira integrante do governo a manter reunião de trabalho com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cúpula dos católicos no País. Bolsonaro e a entidade têm histórico de atritos. Divergem, por exemplo, sobre a exploração econômica das terras indígenas, que o Planalto quer estimular. Em Metrópole, na era dos megablocos, grupos menores e tradicionais sofrem para conseguir patrocínio. Alguns se juntam a outros. Em Economia, catorze Estados fecharam postos de trabalho na construção civil em 2019, segundo o sindicato do setor. No geral, no entanto, o emprego cresceu 1,88% no País, impulsionado por São Paulo, que concentrou 27% das vagas.

Ouça no player abaixo:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.