‘Notícia No Seu Tempo’: Produção nacional de remédio contra câncer corre risco de apagão

Da Redação

16 de setembro de 2021 | 05h00

No podcast ‘Notícia No Seu Tempo’, confira em áudio as principais notícias da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’ desta quinta-feira (16/09/21):

A partir de segunda-feira, o Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), deve suspender a produção de materiais destinados a diagnósticos e remédios para o tratamento de câncer por falta de recursos. Para manter a produção, o Ipen aguarda a aprovação, pelo Congresso, de projeto de lei que adicionaria R$ 34,6 milhões ao seu orçamento. Outros R$ 55,1 milhões estão sendo buscados pelo MCTIC para completar os R$ 89,7 milhões de que o instituto precisa para produzir os radiofármacos até dezembro. Especialistas já falam em apagão no tratamento de câncer no País e em prejuízos para até 2 milhões de pessoas.

E mais:

Política: À CPI, juristas listam crimes que Bolsonaro teria cometido

Economia: Bancos privados se antecipam ao BC e elevam os juros do crédito imobiliário

Metrópole: Vacina e máscara reduzem mortes por Delta no País

Internacional: Na Argentina, derrota em prévia racha governo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.