‘Notícia No Seu Tempo’: projetos limitam poder de governadores sobre polícias civil e militar, fim de auxílio pode jogar 3,4 mi na extrema pobreza e do projeto no Rio a Harvard

Emanuel Bomfim

11 de janeiro de 2021 | 05h00

Por Adriana Cimino, Alessandra Romano e Gustavo Toledo

Na edição desta segunda-feira (11), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Política, o Congresso se prepara para votar dois projetos de lei orgânica das polícias civil e militar que restringem o poder de governadores sobre braços armados dos Estados e do Distrito Federal. As propostas trazem mudanças na estrutura das polícias, como a criação da patente de general, hoje exclusiva das Forças Armadas, para PMs, e de um Conselho Nacional de Polícia Civil ligado à União. No caderno Economia, se nada for feito para amparar os mais vulneráveis após o fim do auxílio emergencial, até 3,4 milhões de brasileiros podem cair na extrema pobreza – sobrevivendo com até US$ 1,90 por dia. Nesse cenário, o número total de pessoas nessa condição chegaria a 17,3 milhões em 2021, o pior patamar desde o início da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2012. Já em Na Quarentena, primeira bailarina da companhia Dance Theatre of Harlem, de Nova York, Ingrid Silva contará sua história em universidade americana de Harvard.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.