‘Notícia No Seu Tempo’: reforma quer acabar com promoção por tempo de serviço, nova Embraer terá de se reinventar e lenda da NBA, Kobe Bryant morre aos 41 anos

Emanuel Bomfim

27 de janeiro de 2020 | 05h00

*Por Adriana Cimino e Cadu Cortez

Na edição desta segunda-feira (27), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Economia, a proposta de reforma administrativa que será enviada pelo governo ao Congresso vai atacar a concessão de “penduricalhos” – auxílios ou vantagens que turbinam a remuneração de servidores – e deve acabar com o reajuste de salários retroativos, prática ainda comum no serviço público brasileiro. A proposta atingirá servidores da União, dos Estados e dos municípios. Na lista dos penduricalhos que serão proibidos estão promoções e progressões por tempo de serviço. Também em Economia, após conclusão da venda da divisão comercial para Boeing, companhia brasileira Embraer deve adquirir empresas de serviços e novas tecnologias. No caderno Esportes, morre Kobe Bryant. O ex-atleta do Los Angeles Lakers estava com a filha de 13 anos e mais sete pessoas em helicóptero que caiu ontem em Calabasas, Califórnia. Todas morreram.

Ouça no player abaixo:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.