‘Notícia No Seu Tempo’: Saúde prevê gastar R$ 250 milhões para distribuir ‘kit covid’, Estado de SP terá novas restrições e gabinete no Planalto vira ‘comitê’ da eleição de Lira

Emanuel Bomfim

11 de dezembro de 2020 | 05h00

Por Adriana Cimino, Alessandra Romano e Gustavo Toledo

Na edição desta sexta-feira (11), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Metrópole, o Ministério da Saúde planeja gastar até R$ 250 milhões para oferecer hidroxicloroquina e o antibiótico azitromicina no programa Farmácia Popular. O plano prevê reembolsar farmácias conveniadas para que distribuam gratuitamente os produtos que compõem o “kit covid”. Essas drogas não têm eficácia comprovada contra o novo coronavírus, mas se tornaram aposta do governo de Jair Bolsonaro para enfrentar a pandemia. Ainda em Metrópole, diante do crescimento das infecções e internações por covid-19, o governo de São Paulo deve anunciar hoje novas medidas restritivas para atividades que têm causado aglomerações, como reuniões em festas e bares. Já no caderno Política, o gabinete do ministro Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), no 4.º andar do Palácio do Planalto, virou ponto de reuniões com deputados em defesa da eleição do deputado Arthur Lira (Progressistas-AL) para a presidência da Câmara.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.