‘Notícia No Seu Tempo’: Sem correção da tabela, renda de 1,5 salário mínimo pagará IR

Da Redação

13 de julho de 2022 | 05h00

No podcast ‘Notícia No Seu Tempo’, confira em áudio as principais notícias da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’ desta quarta-feira (13/07/22):

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) aprovada ontem prevê reajuste do salário mínimo de R$ 1.212 para R$ 1.294 em 2023. O valor pode ser maior por causa da inflação. Com isso, quem ganhar a partir de 1,5 salário por mês (R$ 1.941) passará a pagar Imposto de Renda caso a tabela do IRPF não seja corrigida. Desde 2015, quando o salário mínimo era de R$ 788, o limite da faixa de isenção da tabela é de R$ 1.903. Naquela época, pagava imposto quem ganhava acima de 2,4 mínimos – hoje, R$ 2.908.

E mais:

Política: Eleitor quer renovação no Congresso, mas não se lembra em quem votou

Economia: Deputados aprovam em 1º turno texto-base da ‘PEC Kamikaze’

Metrópole: ANS acaba com limite de consultas com psicólogo e fisioterapeuta

Internacional: Com aprovação em baixa, esquerdista prevê novo auxílio a 40% dos chilenos

Tudo o que sabemos sobre:

ANSGiovanni Quintella BezerraAneel

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.