‘Notícia No Seu Tempo’: Senado elabora projeto que reformula o Bolsa Família, sucessão na Câmara testa a força de Jair Bolsonaro e Alcolumbre e Furlan vão ao 2º turno em Macapá

Emanuel Bomfim

07 de dezembro de 2020 | 05h00

Por Alessandra Romano e Gustavo Toledo

Na edição desta segunda-feira (07), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Economia, enquanto o governo federal ainda busca uma alternativa para minimizar o fim do auxílio emergencial, projeto em discussão no Senado reformula os programas sociais do País, incluindo o Bolsa Família. A proposta, chamada de Lei de Responsabilidade Social (LRS), prevê metas para a queda da taxa geral de pobreza em três anos e verba extra de recursos do Orçamento para ações de transferência de renda aos mais pobres, alívio na flutuação de renda e estímulo à emancipação econômica. O custo inicial é de R$ 46 bilhões. No caderno Política,  a disputa pela presidência da Câmara dos Deputados se transformou numa régua para medir a força política de Jair Bolsonaro. Ter um aliado no comando da Casa é imprescindível para os planos de reeleição do presidente. Também em Política,  os candidatos a prefeito de Macapá Josiel Alcolumbre (DEM) e Antônio Furlan (Cidadania) foram eleitos ontem para o segundo turno, marcado para o dia 20.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.