‘Notícia No Seu Tempo’: SP diz que Coronavac é eficaz, mas não apresenta índices, Copacabana e praias do litoral sul paulista vão fechar no dia 31 e onze partidos se unem na Câmara contra candidato de Bolsonaro

Emanuel Bomfim

24 de dezembro de 2020 | 05h00

Por Adriana Cimino

Na edição desta quinta-feira (24), o ‘Notícia No Seu Tempo’ traz o resumo das principais informações da edição impressa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’. Em Metrópole, a Coronavac superou o índice mínimo de 50% de eficácia exigido pelas agências regulatórias, segundo o Instituto Butantan e o governo de SP. O porcentual exato de eficácia do imunizante e os demais dados do estudo final, porém, mais uma vez não foram apresentados. A justificativa foi a de que o laboratório chinês Sinovac solicitou a base de dados para realizar mais análises. Ainda no caderno Metrópole, prefeitos da Baixada Santista decidiram fechar o acesso a praias em 31 de dezembro e 1.º de janeiro para evitar aumento de turistas e aglomeração. A prefeitura do Rio também pretende fechar Copacabana no réveillon. Já em Política, o bloco formado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), indicou ontem o deputado Baleia Rossi (MDB-SP) para disputar o comando da Casa. Maia reuniu 11 partidos, inclusive siglas de esquerda, contra o presidente Jair Bolsonaro e seu candidato, o deputado Arthur Lira (Progressistas-AL).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.