O Brasil como palanque de Trump; ouça no ‘Estadão Notícias’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O Brasil como palanque de Trump; ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

23 de setembro de 2020 | 00h10

Na semana passada, a visita do secretário de Estado norte-americano causou enormes ruídos dentro do Brasil. Acompanhado do chanceler brasileiro, Ernesto Araújo, Mike Pompeo visitou refugiados venezuelanos, em Roraima, e fez ameaças ao regime de Nicolás Maduro, a quem chamou de “narcotraficante”. As declarações e a visita foram criticadas por lideranças políticas, como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e ex-embaixadores brasileiros, que viram no ato uma afronta as tradições de autonomia da nossa política externa, e uma forma de interferência nas eleições americanas. Já o governo, afirmou que o país não pode ignorar o sofrimento do povo venezuelano.

Afinal, qual o interesse dos Estados Unidos nessa visita? A vinda de Mike Pompeo fere a nossa autonomia? Na edição de hoje, conversamos com a correspondente do Estadão em Washington, Beatriz Bulla, e com o professor de Relações Internacionais da FGV-SP, Guilherme Casarões.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: