O quanto a natureza ganha com mundo ‘parado’? Ouça no ‘Estadão Notícias’

AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O quanto a natureza ganha com mundo ‘parado’? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

13 de abril de 2020 | 06h00

Com o isolamento social, já é possível perceber uma melhora substancial na poluição atmosférica. Na capital paulista, por exemplo, a população passou a observar um “céu de interior”, ou seja, com muitas estrelas. Isto acontece, por que há menos veículos automotores na rua, que é o principal poluidor nas grandes cidades. Essa melhora é observada também pelo mundo: águas cristalinas em Veneza, na Itália e queda de poluentes na China e na Índia. Mas, especialistas alertam que a volta ao ritmo normal da vida pode trazer os mesmos problemas de antes para o meio ambiente.

Na edição de hoje, conversamos com o professor do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP, Edmilson Dias de Freitas, e Iago Hairon, porta-voz da Campanha de Clima e Energia do Greenpeace Brasil. Ainda no podcast, o quadro “Fique em Casa”. Hoje, Renata Cafardo entrevista cantora Claudette Soares sobre como está encarando o período de quarentena e autoisolamento.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: