O que quer Bolsonaro ao colocar em xeque sistema eleitoral brasileiro? Ouça no ‘Estadão Notícias’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O que quer Bolsonaro ao colocar em xeque sistema eleitoral brasileiro? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

11 de março de 2020 | 06h00

Mais uma vez, o presidente da República, Jair Bolsonaro, coloca em dúvida a lisura do processo eleitoral brasileiro, mais precisamente das urnas eletrônicas. Em passagem pelos Estados Unidos, o líder do executivo disse ter provas de que venceu as eleições de 2018 no primeiro turno, e que vai apresentá-las em um momento melhor. A reação foi imediata, ministros do STF e a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Rosa Weber, saíram em defesa do pleito eletrônico no país. Em paralelo, apoiadores do presidente tentam aprovar no Congresso Nacional a adoção do voto em cédula. Afinal, essas acusações podem gerar a abertura de um processo contra o presidente Jair Bolsonaro, como o impeachment? Qual a estratégia de Bolsonaro por trás dessas declarações?

Na edição de hoje, conversamos sobre os aspectos legais e políticos do tema com o especialista em direito eleitoral e mestre em direito constitucional, Tony Chalita, e com o cientista político e professor do Insper, Carlos Melo.

OUÇA O ‘ESTADÃO NOTÍCIAS’ TAMBÉM NO YOUTUBE

Todas as edições deste podcast também são publicadas no canal do Estadão no Youtube. Para ouvir gratuitamente nesta plataforma, é só clicar aqui.

 

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

 

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.