O que se sabe sobre a Coronavac? Ouça no ‘Estadão Notícias’

O que se sabe sobre a Coronavac? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

21 de dezembro de 2020 | 00h10

Desde que o governo de São Paulo anunciou uma parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac para a produção da vacina Coronavac, no Instituto Butantã, começou uma guerra de narrativas entre o governador João Doria e o presidente Jair Bolsonaro. Enquanto o líder do Executivo paulista afirma que o imunizante é seguro e pretende vacinar a população em janeiro, o governo federal se recusou, por muito tempo, a colocar a Coronavac no rol de vacinas que seriam adquiridas pelo Ministério da Saúde. Por causa dessa posição, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), responsável por autorizar o uso dos imunizantes, foi colocada em xeque e acusada de atender interesses políticos. Agora, diante da pressão, o presidente Jair Bolsonaro admite comprar a vacina, se a Anvisa der o seu aval.

Afinal, em qual estágio está a Coronavac?  Por que a Anvisa está no centro dessa discussão? Na edição de hoje, conversamos sobre o assunto com o infectologista e integrante do Centro de Contingência contra Covid-19 em São Paulo, Esper Kallase com Gonzalo Vecina Neto, médico sanitarista, ex-presidente da Anvisa, e colunista do Estadão.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.