O STF vive seu período mais delicado? Ouça no ‘Estadão Notícias’

Gustavo Lopes Alves

19 de março de 2019 | 06h00

Atos em favor da Lava Jato e contra o STF começaram a surgir após a decisão do Supremo de manter com a Justiça Eleitoral casos de corrupção e lavagem de dinheiro que estejam ligados ao caixa 2 de campanha. Com isso, os pedidos para o fim da instância máxima da nossa justiça ganharam adeptos, inclusive de personalidades como a atriz Regina Duarte. Mas quais as consequências desses pedidos? E o STF, precisa refletir sobre seus atos e responder à população? Conversamos com o cientista político da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Leon Victor Queiroz sobre o assunto. Para ele, o grande risco é de se criar mais cadeiras no Supremo Tribunal Federal, onde juízes de ideologia próxima ao presidente fossem colocados, como ocorreu na Venezuela.

E ainda, o governo brasileiro dispensou o visto de visita ao país para cidadãos de Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão. Segundo o Ministério do Turismo, a decisão foi adotada para incentivar a geração de emprego e renda no Brasil. Para o professor de Relações Internacionais da ESPM, Roberto Uebel, a medida precisa vir acompanhada de soluções em infraestrutura e logística no país, como por exemplo, mais opções de voos para destinos turísticos no Brasil.

ESTAMOS DISPONÍVEIS NA DEEZER!

Os podcasts do Estadão são oferecidos para consumo gratuito no serviço de streaming Deezer. Para ouvir, basta fazer o login na plataforma. Uma vez logado, é só colocar no campo de busca o nome do programa (“Estadão Notícias”) que você terá acesso imediato a todo nosso histórico de publicações. Você também pode acessar diretamente clicando neste link.

OUÇA TAMBÉM NO SPOTIFY!

Os podcasts do Estadão também são oferecidos para consumo gratuito na plataforma de streaming Spotify. Para acessá-lo e passar a segui-lo, basta digitar o nome do programa (“Estadão Notícias”) no campo de busca. Ou pode clicar diretamente neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.